Voltar
0 Comentários
140 Visualizações
Débora Luz
Débora Luz
Normalização pode auxiliar no crescimento econômico do País

por Ricardo Fragoso (*)

 

Ao longo dos anos o Brasil viu sua economia crescer por conta da normalização em diversas áreas. De acordo com estudos feitos pela International Organization for Standardization (ISO), com participação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), empresas que passaram a seguir normas técnicas na sua produção e nos seus processos ou serviços obtiveram melhores resultados econômicos e de satisfação entre seus colaboradores e clientes.

O estabelecimento e a aplicação de normas técnicas são indispensáveis para que se garanta a qualidade dos diversos produtos, processos e serviços. Em tempos remotos, as pessoas e as empresas passavam muitas dificuldades por não terem normas adequadas para garantir o que estavam consumindo ou produzindo. Isto gerava desperdício por parte do produtor e insegurança por parte do consumidor. Com as normas, o mercado, produtor e consumidor, passou a apresentar melhor estabilidade.

A normalização no que diz respeito à economia implica em menos gastos e mais rentabilidade, uma vez que é uma forma de assegurar que os processos produtivos serão iniciados e finalizados de maneira correta, seguindo normas técnicas que garantam que os processos utilizados estejam certos e apropriados.

Para o país, empresas com economia saudável transmitem segurança ao mercado e, consequentemente, à população, isso porque elas não se abalam tão facilmente em momentos de crise e sabem se posicionar de acordo com o momento econômico nacional.

As normas técnicas estão para servir empresas, órgãos públicos e sociedade e garantir cada vez mais que os produtos, processos e serviços sejam ofertados com segurança tanto por quem vende, quanto por quem compra, sempre seguindo as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas, órgão nacional responsável pela normalização e que participa de organizações internacionais.

Em termos corporativos, aplicar normas técnicas da ABNT traz diversos benefícios, principalmente o de que a aplicação de metodologias que já foram estabelecidas e testadas só favorecem a criação e desenvolvimento dos próprios produtos.

A partir da aplicação de normas técnicas, é possível promover melhorias e inovações nos produtos, processos e serviços, garantindo um grande diferencial para atrair novos consumidores e aumentar a vantagem competitiva da empresa, o que agrega maior valor ao negócio.

As normas técnicas são importantes para empresas de todos os portes e especialidades, inclusive para micro ou pequenas empresas, que se preocupam com a qualidade e investem em conhecimento, melhorias do processo e diminuição dos erros, o que, consequentemente, facilita e aumenta as chances de sucesso e permanência no mercado.

Na prática, consideramos que as normas técnicas devem ser encaradas como investimento e fator propulsor de crescimento econômico.

 

 (*) Ricardo Fragoso - engenheiro mecânico, com MBA em Estratégia Industrial e Gestão de Negócio, presidente da Comissão Panamericana de Normas Técnicas (COPANT), presidente do Comitê Brasileiro de Avaliação da Conformidade (CBAC) e diretor geral da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

0 Comentários
140 Visualizações
Comentar